Roteiro de Arte Urbana Hotel Portuense

Hotel em Lisboa
Hotel Portuense

Roteiro de Arte Urbana

Lisboa é famosa pela sua tradição histórica, palácios luxuosos, o fado a ecoar nos bairros e a inigualável gastronomia. Porém, uma nova atração eclode no meio das casas e prédios em tons pastéis, chamando a atenção dos turistas: a arte urbana!

 

Exposta em muros ou painéis, a arte urbana lisboeta destaca-se pela diversidade, seja através de graffiti (desenhos feitos com sprays), stencil (técnica que usa o papel recortado como molde), stickers (utiliza a aplicação de adesivos), ou outras formas.

 

Se gosta de manifestações artísticas – e aprecia um agradável passeio alternativo – confira a lista das principais obras espalhadas pela capital portuguesa. Vale mesmo a pena parar e contemplar o cenário.

 

Calçada Amália Rodrigues

Localizada entre a Rua de São Tomé e a Calçada do Menino de Deus está o rosto da famosa fadista Amália Rodrigues. O lugar é perfeito para a homenagem, já que a zona é considerada o berço do fado em Portugal. A obra, assinada pelo artista Vhils, está esculpida num pedaço de calçada e foi assente por calceteiros locais. Uma curiosidade é que o trabalho fez parte da capa do disco de tributo “Amália, As Vozes do Fado” produzido pelo cineasta luso-francês Ruben Alves.

 

Universal Personhood

O artista norte-americano Shepard Fairey é o responsável pela “Universal Personhood”, duas obras localizadas no bairro da Graça. Os trabalhos são feitos sobretudo de impressões em madeira, papel e metal. Num dos painéis está representada uma mulher fardada, a segurar uma arma com um cravo no cano, em referência à Revolução dos Cravos e no outro painel, que é uma parceria de Fairey com o português Vhils, vemos o rosto de uma mulher dividido em dois. As obras fazem um apelo à igualdade de género.

 

Big Trash Animals

Plástico, latas, papelão, metais, vidros e tudo aquilo que muitos deitam fora, transformam-se em arte nas mãos de Artur Bordalo. A série Big Trash Animals é uma crítica ao desperdício e a extinção de algumas espécies de animais. Para produzir a obra, Bordalo organizou e moldou todo o “lixo”, dando forma aos animais. O trabalho está espalhado por toda a cidade de Lisboa. Pode encontrar uma raposa gigante num edifício na Avenida 24 de Julho, numa parede no Centro Cultural de Belém está o guaxinim, o macaco situa-se na Rua de Xabregas e o sapo na Rua da Manutenção. Existem muitos outros, um verdadeiro zoológico a céu aberto.

 

Talude

A maior arte urbana da Europa fica em Portugal. Localizada na Alta de Lisboa, a obra Talude é assinada pelo artista RAF e são 2600 metros de área pintada numa superfície de cimento. São usadas mais de 70 referências de cores vibrantes que criam efeitos visuais tridimensionais. O trabalho aguça a curiosidade dos turistas!

 

Poseidon

Unindo a arte urbana e a clássica, a dupla de artistas espanhóis PichiAvo assina o mural Poseidon, situado na calçada de Santa Apolónia. Com uma mistura de cores e com pinceladas bruscas, a grande obra – 14 metros de altura – exibe o deus grego a fixar o seu olhar no rio Tejo.  

 

Existem muitas outras obras de arte urbana para visitar em Lisboa, inclusive próximas ao Hotel Portuense. O nosso staff terá prazer em ajudar com o roteiro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *